Imortalidade – Sério?

atom-pic-607725_186x186

O segredo da imortalidade não virá de Ponce de León que  tentou descobrir a fonte da juventude navegando os sete mares na busca dessa fonte mitológica de água; ele virá de Moisés de León que descobriu o Zohar depois de 1200 anos de ocultamento.

O segredo da existência imortal biológica está oculto no Zohar e foi revelado no livro do kabalista Rav Berg intitulado Nano.

Eis aqui um segredo profundo que posso compartilhar. Os cientistas de repente estão procurando pelo segredo da imortalidade biológica. O assunto da existência imortal e da extensão da vida apareceu na capa da Revista Time, tem sido escrito a respeito disso em livros e artigos publicados em importantes websites, apresentando as últimas descobertas do mundo dos físicos e da ciência médica.

Esse assunto, que um dia já foi um tabu da ciência, é agora um tópico em destaque e alguns cientistas, como Ray Kurzweil, estimam que a existência imortal biológica será alcançada pela humanidade nos próximos cinquenta anos.

Eis aqui um conselho do kabalista Rav Berg. Pare de procurar pelo segredo da imortalidade.

Ela já existe.

Átomos são imortais e nós somos feitos de átomos.

É isso aí, nossos átomos, os verdadeiros tijolos da construção do nosso ser, são infinitos, eternos e imortais.

 

 “Átomos são a parte do Universo que vive para sempre”

– Dr. Peter Douglas Ward.

(Professor de Ciência Geológica, Universidade de Washington)

 

“Quando nós morremos, nossos átomos vão se desmontar e se mover para encontrar novas utilizações, em outros lugares – como parte de uma folha ou de outro ser humano ou de uma gota de orvalho. Os átomos, assim, continuam praticamente para sempre”

—Bill Bryson

(Breve História de Quase Tudo)

 

“Os átomos vivem essencialmente para sempre. O hidrogênio em um copo de água existe há mais de 13 bilhões de anos. Os átomos são imortais no sentido de que eles sobrevivem a tudo. A maioria dos átomos no universo foi criada no big bang. Os mais pesados do que o hélio foram feitos dentro das estrelas. “

-Dr. Donald Brownlee

(Professor de Astronomia da Universidade de Washington)

 

“Nenhuma criatura viva é imortal, mas os átomos nunca” morrem”. Ao invés disso, eles existem ad infinitum como átomos solitários, ou como componentes de uma única molécula, ou  eles se misturam entre as moléculas de incontáveis eras de tempo.”

-Professor Robert J. Brooker

 

“As moléculas podem ser convertidas e decompostas por processos químicos, mas os átomos são para sempre. Em uma reação química, a matéria – no nível de átomos individuais – é sempre considerada”.

– Sociedade Química Americana

 

Então, qual é o problema? Por que os túmulos estão lotados de corpos de pessoas amadas e de pessoas das gerações passadas?

O problema e a causa da morte residem no “espaço” que entra em nossos átomos imortais.

Esse espaço quebra os limites deles, provocando a forma que o átomo produz para desaparecer (morte). Veja, ainda que os átomos sejam “para sempre” e imortais, as formas que os átomos produzem são temporárias. A forma morre, mas os tijolos da construção individual vivem e continuam existindo.

A chave para a existência imortal não está em aprender como manter um átomo eternamente. Isso já existe. A chave é compreender como manter a mesma forma (corpo) unido, para sempre. Porque se a forma permanece, ela irá durar para sempre porque as próprias partes da forma já são imortais.

Então o segredo para a imortalidade biológica está relacionado aos relacionamentos e ligações ente os tijolos imortais da construção.

O que nos leva à questão: como nós mantemos as formas juntas?

Nós alcançamos isso evitando que os espaços apareçam entre os átomos. Espaço é o que permite que a imagem do quebra-cabeça se despedace e se espalhe em um caos total. Remova o espaço e o quebra-cabeças se unirá novamente.   

Vamos examinar essa ideia de espaço de uma maneira um pouco mais aprofundada.

A Ciência está agora alcançando a Kabbalah, pela compreensão de que toda a realidade é feita de consciência. Mesmo os átomos são compostos de “partículas” ou “ondas” de consciência. O próprio Einstein ficava perplexo com a ideia de que um elétron pudesse ser tanto uma partícula quanto uma onda. Mas o fato de essa onda é na verdade uma onda de consciência ainda não foi aceito ou compreendido universalmente. Somente alguns físicos, aqueles mais inteligentes do século XX, foram capazes de ter a coragem e a inspiração para abraçar essa verdade.

Essa é a peça desaparecida do quebra-cabeças da física, o qual nos leva à Grande Teoria Unificada.

Os próprios fundadores da física quântica, cientistas como Sir Arthur Eddington, Max Planck e outros, estavam convencidos de que a consciência é a verdadeira realidade e que toda a matéria na verdade emerge da consciência.

 

“Eu considero a consciência como fundamental. Eu considero a matéria como derivada da consciência. “

– Max Planck – Físico

 

“O universo é da natureza de um pensamento ou a sensação de uma mente universal… As coisas do mundo são substância mental”

– Sir Arthur Eddington – Físico

 

“O universo parece cada vez mais com um grande pensamento, ao invés de uma grande máquina.”

– Sir James Jeans – Físico

 

O universo físico é um grande pensamento, de acordo com o Zohar. É chamado de o Pensamento da Criação, e isso significa que a Mente Divina, a própria Consciência do Criador, permeia toda a realidade como ondas no mar. Isso é exatamente o que o Zohar diz! E isso é exatamente o que a ciência também nos conta sobre a verdadeira natureza dos elétrons, fótons e de toda a matéria. A matéria não é feita apenas de minúsculas partículas subatômicas – como miniaturas de bolas de ping-pong em órbita. A matéria também tem profundas propriedades do tipo de ondas, que se estendem através do universo. É isso mesmo, os físicos nos contam que toda a matéria é também feita de ondas. Elétrons são ondas. Fótons são ondas. E eles não têm ideia porque isso ocorre dessa forma, ou o que isso significa, ou porque essas ondas são percebidas como matérias sólidas pelos nossos cinco sentidos.

Mas a Kabbalah sabe.

Essas ondas são ondas de consciência. Elas são as ondas cerebrais do próprio Deus, trazendo à existência todo o cosmos.

A única coisa que nós, seres humanos, temos que fazer para alcançar a existência imortal e realizar todo o potencial do Pensamento da Criação – que é todo o prazer infinito e paraíso para a humanidade – é trazer a nossa própria onda de consciência para este mundo através da construção de relações com nossos semelhantes, neste mar de humanidade chamado planeta Terra.

O espaço é, na verdade, uma forma de consciência. O espaço é a razão pela qual os nossos átomos param de fazer ligações. O espaço é o que os separa e que lhes permite permanecer separados.

De que tipo de consciência é feita o espaço?

De Ego.

O ego é o culpado e o assassino do homem.

Na medida em que transformamos a consciência egoísta e egocêntrica em uma consciência que respeita, se preocupa e abraça os nossos amigos, e os chamados inimigos, construindo pontes com nosso semelhante, é quando nossos átomos eternos irão permanecer ligados.

Da mesma forma que a nossa consciência se comporta, assim também se comportam os nossos átomos, e o estado do mundo.

A consciência de ego, a qual cria um espaço entre nós e a pessoa ao lado, automaticamente cria espaços entre os átomos do nosso corpo, causando envelhecimento e decadência. É por isso que o kabalista Rav Berg diz: “tudo se trata de consciência”.

É isso que nós temos que compreender.

O propósito da Kabbalah é transformar nossa consciência e remover os interesses pessoais para que nós possamos amar para sempre e então viver para sempre.

É simples assim.

Mas não é fácil.

QB_port_45

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

2 Responses

  1. Regina Smith diz:

    estava procurando por esta resposta! obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>