A ARTE E A CIÊNCIA DE DUVIDAR DE TUDO

Se você não estiver desistindo do caminho da Kabbalah, questionando o caminho da Kabbalah e duvidando do caminho da Kabbalah ao menos uma vez por semana, ou, melhor ainda, a cada dia ou a cada hora, então você não está crescendo!

Sentimentos negativos de querer parar com tudo isso e pensar que simplesmente não funciona mais são o sinal de que você está fazendo um incrível progresso!

Não se engane, eu sou aluno do Kabalista Rav Berg e da Karen e do Kabbalah Centre há 25 anos.

Aqueles alunos que amam, adoram, se encantam e dançam à Luz da Kabbalah todos os dias, todas as horas, todos os Shabbatot, são os primeiros a desistirem e seguirem por outro caminho.

Aqueles que batalham diariamente, que lutam para fazer as conexões, que não conseguem entender porque está todo mundo tão feliz com aquelas benditas orações e festas com as quais temos que nos conectar, estes são os que certamente constroem os músculos espirituais mais fortes.

Tem que ser uma luta com subidas e descidas, porque cada vez que você cai, está na verdade caindo para CIMA!

O quê?

“Estou caindo pra cima?” – você pode se perguntar.

Como?

O que isso significa? Cair pra cima?

Acompanhe de perto…

Há escadas e mais escadas e mais escadas na realidade metafísica. Essas escadas são as dez dimensões, a Árvore da Vida, e cada uma delas tem dez degraus. Conforme você sobe a primeira escada, você sobe dez degraus, superando as dúvidas ao longo do caminho.

Quando você atinge o topo da Escada Número Um, sente uma alegria e bençãos extraordinárias e geralmente consegue um ou dois milagres. Mas agora é o momento de subir a Escada Número Dois. E agora você está começando no primeiro degrau. Neste mundo, parece que você acabou de voltar para o início de tudo novamente. Você coça a cabeça e diz: “Que droga! Não funcionou. Eu não mudei. Não estou fazendo nenhum progresso!”

ladderNão. De forma alguma.

Por quê?

Porque você não voltou para o início da Escada Número Um. Você caiu para CIMA, nos pés da Escada Número Dois.

E agora você começa uma nova subida, para um nível ainda mais alto de existência, bençãos e sabedoria.

Pode até parecer que o mesmo problema está sendo recorrente em sua vida. Mas não é o mesmo problema. É um nível mais profundo de um problema antigo, porque você está indo mais fundo dentro de si, erradicando um nível mais profundo da força chamada de ego ou Satan. Você está ganhando. Não perdendo.

Cada novo passo trará uma nova dúvida e um novo sentimento de desistência. Você vai encontrar coisas que estão erradas com o seu professor, coisas que estão erradas e contrárias no Centro e neste caminho.

Por quê?

Porque o Satan está lá esperando por você em cada um daqueles dez degraus com uma dúvida, uma preocupação, um medo ou um julgamento diferente, que ele implanta dentro de sua mente.

Quando você sente essa dúvida e você a derrota, então você segue subir para o próximo degrau da escada. E é assim que você ajuda o mundo. Você venceu o Satan e esmagou seu ego naquele nível específico, e acabou de fazer com que isso seja mais fácil para o resto do mundo!

Então, pare de pensar apenas em si mesmo quando estiver tomado pelas dúvidas. O mundo está contando com você. E o Satan está contando que você desista.

Você tem que batalhar para ajudar a si mesmo e, em troca, ajudar a esse mundo.

Você realmente diminui a influência global do Satan e do Ego a cada vez que derruba da escada uma parte do ego.

Esse é o caminho do verdadeiro guerreiro da Luz.

A guerra é travada dentro da consciêcia humana.

Da sua consciência.

E quando um número suficiente de pessoas abraçarem esta guerra profundamente difícil, uma massa crítica será alcançada e iremos transformar o mundo inteiro de escuridão em Luz.

A única arma do Satan é nos fazer duvidar, desistir e ficar depressivos a cada vez que subimos e caímos para cima, no próximo nível.

Ele irá tentar convencê-lo de que você caiu para baixo.

Agora você já sabe.

Estude bem isso. E estude com frequência.

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

2 Responses

  1. É muito bom saber disto pois sou um eterno lutador e tendo tal conceito muito reconfortante saber que acada caída estou indo mais adiante.

  2. oswaldo de aquino diz:

    As vezes confundimos o cai com permissividade,onde fica o nosso esforço para realizarmos o tikun das nossas almas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>