[parte 12] TUDO QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE A VIDA

24 de dezembro de 2013
parte 12 da série 

Aqui estão as doses de sabedoria tão profundas e intensas quanto simples, curtas e doces. Esta é a sabedoria das eras, a mais antiga sabedoria na Terra, a sabedoria que não apenas nos dá conhecimento, mas também eleva a alma e nossa consciência, o que nos faz mais puros, limpos, iluminados e profundamente contentes.

Aqui vamos nós:

1. O amor nunca morre. Portanto, se nós amarmos para sempre, nós iremos viver para sempre. Isso não é uma metáfora. Isso é um fato. Nós envelhecemos por conta da inveja, desgosto e ódio. É por isso que os kabbalistas removem o ego. É somente o ego que evita que o homem ame ao seu próximo incondicionalmente.

2. Nós só podemos compartilhar aquilo que nós temos! Então, não podemos mudar o mundo antes de mudar a nós mesmos.

3. Existe somente uma experiência fora do corpo que importa – deixar de lado nossos impulsos do corpo egocêntrico, onde tudo que importa é eu mesmo, eu mesmo, eu mesmo.

4. Existem 613 preceitos na Torá. Por quê? As Dez Sefirot correspondem aos dez planetas. Plutão é Keter. Terra é Malchut. A Terra gira em torno do sol em 365 dias. Plutão, o planeta mais distante, faz a revolução em torno do sol em 248 anos. Juntos, 365 + 248 = 613.

613 é a Luz fluindo de Keter para Malchut, unificando as dez dimensões.

Se você soma os dígitos que forma 613 você obtém 10, confirmando que o caminho da Torá é o caminho que unifica as dez dimensões.

O único propósito da Toré e dos 613 preceitos é terminar com toda a influência negativa do ego, para que então possamos Amar ao Nosso Próximo como a Si Mesmo. E dessa forma, assim atingiremos uma existência física imortal.

 

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

1 Response

  1. altamiro paiva diz:

    O assunto é muito reflexivo e fundamental para a compreensão do que é o amor ao nosso próximo. Muito bom, Shalom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>