Mente sobre a Matéria

Eis o maior segredo da Kabbalah. Está preparado? Porque já temos o poder, neste momento, da mente sobre a matéria, NÃO temos a habilidade de usar o poder da mente sobre a matéria.

Agora, o que isso significa?

Significa que por acreditarmos que a matéria é mais real e, portanto, mais poderosa do que nossos pensamentos, nosso poder inato de mente sobre a matéria simplesmente abriu mão de toda essa potência e a entregou à matéria e ao mundo físico.

Nós fizemos isso. Nós abrimos mão de todo o nosso poder.

O mesmo poder da mente sobre a matéria é o que está minando a nossa habilidade de obter total controle sobre o mundo físico que nos rodeia.

Incrível! Extremamente profundo.

Precisamos reivindicar esse poder tirando-o da matéria. Como? Bem, a única razão pela qual acreditamos que a matéria é mais poderosa do que a nossa mente é porque o nosso adversário – o ego humano – é mais poderoso do que nossa alma. Por quê? Porque ouvimos o nosso ego, capacitamos nosso ego e defendemos o nosso ego. Nosso ego é o único a nos dizer que a matéria é mais poderosa! E é por isso que acreditamos.

Portanto, a ÚNICA maneira de reivindicarmos o nosso poder sobre toda a matéria é eliminando o oponente da nossa consciência! Temos que acabar com a influência do ego sobre a nossa alma, sobre o nosso verdadeiro eu.

É por isso que proteger nosso ego e viver em negação é uma aposta e estratégia burras para viver uma vida feliz.

Ao mesmo tempo, é quase impossível erradicar o nosso ego.

Portanto, temos a Torá, a Kabbalah e o Zohar, e Rosh Hashaná.

Cada vez que usamos essas ferramentas, eliminamos mais uma camada do nosso adversário de nossas consciências.

Leia isto algumas vezes até que isso realmente faça parte de você! E compartilhe com os outros.

Neste Rosh Hashaná, poderemos e vamos erradicar o adversário de nossas vidas e do mundo e, então, o nosso poder inato da Mente sobre a Matéria irá nos dar o verdadeiro Mente sobre a matéria!

Então, poderemos recriar esse mundo e transformá-lo em um paraíso na terra, ao invés de dor.

E qualquer ceticismo que você tenha, neste momento, sobre essa possibilidade, é proveniente do ego.

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

2 Responses

  1. heriton diz:

    me apresenta uma técnica prática de controle do ego. uma vez reconhecido o comportamento ou a tendência, como proceder, que tipo de pensamento, emoção e ação é ideal para criar um hábito de controle do ego, visto que ´não podemos eliminá-lo do contexto.

  2. Quero estudar a kaballa com a orientação de Billy Phillips.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>