JESUS E O ZOHAR

JESUS-ZOHAR-251x300

A porção de Emor, de acordo com os escritos do Kabalista Rav Isaac Luria e o Zohar, revela os segredos do Gólgota e a ressurreição dos mortos.

Gólgota é o lugar onde é dito que Jesus foi crucificado. Acontece que os estudiosos cristãos e todos os primeiros fundadores do Cristianismo admitem que essa palavra é uma palavra em aramaico e que eles não fazem a menor ideia onde Gólgota está ou por que essa palavra é usada para toda a ideia da morte e da ressurreição de Jesus.     

A resposta pode ser encontrada na Kabbalah.

Comentando sobre a porção da Torá de Emor, Rav Isaac Luria explica como a dimensão espiritual chamada Atika Kadisha é a fonte do “orvalho” que traz a ressurreição dos mortos. Ele também explica que o orvalho é realmente as três letras no TetragramaYud, Hei e Vav.

Por quê?

De acordo com a numerologia kabalística, a palavra “orvalho” e as três letras do Nome de Deus ambos compartilham o mesmo valor numérico. Então “orvalho” é na verdade um código para estas três letras do Nome de Deus, as quais de fato se referem ao reino que nós chamamos de realidade dos 99%.

A letra final do Nome de Deus (Hei) se refere ao nosso mundo. Essa única letra está desconectada das primeiras três letras. Portanto, o Nome de Deus não está completo. O Nome de Deus não está unificado.

Simplificando, isso significa que nossa realidade do 1% está desconectada da realidade dos 99%, a fonte de toda Luz.

Os primeiros pais do Cristianismo e os Doutores originais da Igreja, todos admitiram que eles não conseguiam encontrar a palavra Gólgota em nenhum lugar dos antigos escritos hebreus. Eles admitiram que eles não sabiam por que essa palavra foi usada. Até hoje, Gólgota permanece um mistério.

Isso porque os primeiros pais do Cristianismo e os fundadores não tinham permissão para estudar o Zohar.

Estes são mistérios que Jesus ensinou SOMENTE para os seus discípulos mais próximos. Estes são mistérios que somente Rabbi Shimon Bar Yochai, Rabbi Akiva e seu círculo íntimo compreendiam.

Veja, o Zohar explica como Gólgota é o reino espiritual nas Dez Sefirot (Árvore da Vida), que engloba Akita Kadisha, o lugar de onde o orvalho vem para ressuscitar os mortos.

Simplificando, Gólgota refere-se à realidade dos 99%. Nunca se referiu a um local físico. É uma dimensão espiritual.

Rav Issac Luria ensina que, somente através do arrependimento (mudança interior), nós podemos nos reconectar com a ressurreição da nossa felicidade e com a ressureição de qualquer coisa que esteja morto em nossas vidas. Quando um número suficiente de pessoas se reconectarem individualmente, então os portões dos 99% irão se abrir o suficiente, e então até mesmo os mortos ressuscitarão e a existência imortal (Messias) vai chegar.

Este é o segredo kabalístico de longa-data, a respeito dos ensinamentos que tem estado em torno de Jesus por 2000 anos sobre Gólgota, a Ressurreição e os ensinamentos de Jesus quanto ao arrependimento.

Arrependimento, em hebraico, significa efetivamente retornar.

Você poderia perguntar, Retornar para onde?

Nós estamos retornando e fazendo este mundo retornar para a realidade dos 99%. Nós estamos fazendo com que a letra final Hei, do Nome de Deus, retorne para as primeiras três letras para unificar o Nome de Deus e então, unificar nosso mundo com a realidade dos 99%.

O filho

A letra à qual o Hei se reconecta é a letra Vav. O Vav é chamado de “O Filho” no Zohar. A primeira letra do Nome de Deus (Yud) é chamada de “O Pai” (Abba).

Isto também explica, portanto, os ensinamentos de Jesus que dizia que era preciso se conectar com o Filho para se conectar com o Pai.  Trata-se de unificar o Nome de Deus, unificar o nosso mundo com o reino espiritual dos 99%.

Agora preste atenção nisto: A próxima porção da Torá é Behar. Essa porção específica explica o segredo da frase “O Altíssimo” ou “Filho do Santo”.

Assim como nós acabamos de aprender, O Filho a letra Vav. Mas em Behar, nós TAMBÉM aprendemos que a frase Filho do Altíssimo refere-se ao homem que domina a Santa Sabedoria da Kabbalah para transformar sua natureza e atingir a unidade com Deus.

Portanto, essas duas porções da Torá contêm TODOS os segredos atrás dos mais importantes princípios do Cristianismo e eles provam, sem sombra de dúvida, que o Zohar é subjacente ao Cristianismo e é a raiz de todos os verdadeiros ensinamentos de Jesus.

Quão apropriado que essas duas porções da Torá sempre caiam por volta de Lag B’Omer, o dia em que Rabbi Shimon revelou a Luz do Zohar e deixou este mundo. Este dia, de acordo com o Kabalista Rav Berg, é um mini Shavuot, uma mini revelação do Monte Sinai. Rabbi Shimon não somente deixou este mundo nesse dia, mas ele também saiu da caverna, após 13 anos recebendo a sabedoria do Zohar, nesse mesmo dia.

A revelação do Zohar equivale à revelação do Monte Sinai e é por isso que é considerado um mini Shavuot.

Moisés desceu da montanha do Sinai com as tábuas, trazendo para o mundo a Luz da Imortalidade e Rabbi Shimon saiu da caverna da montanha com o Zohar, que contém a mesma Luz da Imortalidade. Essa Luz vem do reino do Gólgota e de Atika Kadisha.

Agora nós podemos finalmente compreender a verdade, que o Zohar á verdadeira fonte e raiz de todo o Cristianismo.

Por fim, Lag B’Omer ocorre no 33o dia do Omer.

Jesus deixou este mundo quando ele tinha 33 anos.

 

 

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

7 Responses

  1. Maravilhoso conhecer a kabbalah e ter os ensinamento que ainda me esperão obrigado. Que a Luz do Criador me traga sabedoria para assimilar em meu viver à Luz do Zohar em minha vida. Beijos.

  2. H. Arruda Soares diz:

    Parabéns !!! Grato por disponibilizar este VALIOSO ensinamentos sobre
    a “Sephiroth” e o código YOD HE VAU HE.

    Abraços Cordiais, c/ votos de Sabedoria, Entendimento, Prosperidade, Sucesso&CoisasBoas.

  3. Mikael diz:

    Por favor, eu gostaria de saber se é verdade que ninguém tem uma conexão direta com a luz e que por isso precisamos ter amigos para que a luz chegue até nós. Se não tivermos absolutamente nenhum amigo, como no meu caso, como fazemos pra obter essa luz? Posso escanear o Zohar para obtê-la? Obrigado.

  4. altamiro paiva diz:

    Sou inciado em Kabbaláh e tenho um profundo respeiton pelo Kabbalah Centre, contudo, ouso discordar quando da caracterização de JESUS no Zohar. O filho lá consignado é ISRAEL, que é um Código na Kabbalah. Penso que qualquer pessoa de qualquer religião pode ter acesso a Kabbalah, agora, revelar Jesus no Zohar, a até a trindade, como já ví comentários, pode ser até Kabbaláh,agora não Kasher. Kabbaláh sem Toráh, inexiste. Todáh Rabáh.

    • Eu creio que eramos anjos todos nos, mas queriamos o pão da vergonha(parte desses anjos, de onde estabeleceu-se odio, disputa inveja, vergonha, guerras(por escolha nossa). A guerra começou porque com tantas diferenças que merecer o céu (um estado de espírito do bem)A guerra aconteceu por uma chance um novo recomeço, uma oportunidade, um deixar e ver como ficaria. Deus deu um veículo(dando as limitações necessárias para que estes anjos agora homens viessem limitadosno corpo físico, a maior e mais limitada forma para que sem as facilidades de só espirito lhe dessem limites para que ao alcançar o único amor e bem verdadeiros realmente tivesse certeza de sua volta ao Pai é a Luz ilimitada. Jesus o anjo redentor, pelo homem e por ser homem não conseguiria acaber com a fome, a miséria, o ódio a disputa. Teriamos que querer voltar a Luz com Jesus a semente se espalhou toda a terra se encheu de Glória do Pai. E ele diz guando orardes pedirdes ao Pai em meu nome. Deus estabeleceu uma nova aliança para que pelo amor não por memecimento, que, Santo e só Deus, voltassemos para o Pai. Jesus deu certo cumpriu o que veio fazer sim ele plantou a sementeda esperança e partiu glorioso para um tempo para o homem renascer e saber e aprender dele a misericordia e o amor de Deus). Para que a sua volta seja dos eleitospor amor não por merecimento(porque por amor mudamos). Amai vos uns aos outros como eu lhes tenho amado. Amém.

      • H.ArrudaSoares diz:

        Entendo que a beleza do seres “humanos” RESIDE no fato de existirem todos sentimentos, tantos os tidos como BONS como também os MAUS. Aprender, conhecer, compreender e dominar a POLARIDADE pelo EQUILÍBRIO nas COISAS e CAUSAS é casa do grande SÁBIO.

        Sucesso&CoisasBoas a todos.
        has, 07ago13

    • Billy Phillips diz:

      Os kabalistas, como o Rabbi Moses David Valle, nos dizem que os ensinamentos de Jesus advêm todos do Zohar. E o próprio Zohar nos diz que o Filho é quem domina a sabedoria da Kabbalah e se transformou.
      Os Kabalistas ao longo da história nos dizem que a trindade tem suas raízes no Zohar. Esta não é a minha opinião. É dos kabalistas como Abulafia, Valle, e R. Eli Benamozegh.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>