Pedras e Areia

Era uma vez um rei antigo que tinha jurado mandar atirar uma pedra gigante quando seu filho cometesse um pecado grave. Depois que a raiva do rei cedeu, ele percebeu que a pedra poderia matar seu filho. Mas o rei sabia que ele tinha que cumprir esse decreto, porque a sua palavra era um voto e sua obrigação.

O rei consultou um grande Kabalista sobre seu dilema. Depois de falar com o ilustre sábio, o rei quebrou a rocha em pedras e seixos e mandou que atirassem, uma por uma, em seu jovem filho. Essa ação cumpriu o decreto e ainda salvou a vida de seu filho.

Este é o poder do Zohar.

Todos nós temos decretos de julgamento, decretados contra nós a partir de ações anteriores cármicas e negativas. Se esses julgamentos atacam com força total, na mesma medida que os nossos atos negativos, experenciamos uma dor trágica. No entanto, através de nossa conexão com o Zohar, essas “rochas” destinadas a nos atingir na vida são quebradas em pedaços menores, e ao longo do tempo, essas “pedras” e “seixos” são atirados contra nós. É doloroso, mas não letal. É por isso que perseveramos aos obstáculos, desafios e a dor no caminho da Kabbalah. Se um determinado problema persiste por um longo período, isso significa que a rocha era enorme, bem grande e há um monte de pedrinhas individuais que precisam  ser “atiradas”.

No entanto, se apreciarmos que essas são apenas pedrinhas, em comparação com as rochas que o resto do mundo enfrenta, nossa apreciação quebra as pedrinhas em partículas ainda menores, de modo a serem apenas grãos de areia sendo lançados em nossa direção.

Sim, é um pouco desagradável.

Mas também é muito menos doloroso.

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>