O gêmeo interno

Este mês do calendário hebraico de Sivan corresponde ao signo de Gêmeos. Este mês é também o mês em que Moisés recebeu as duas tábuas durante a Revelação no Monte Sinai. Não é por acaso que Moisés tinha duas tábuas gêmeas, não trigêmeas e não apenas uma tábua durante esse mês dos gêmeos. Há realmente uma conexão entre essa energia que flui através do universo durante esse período incrível do ano.

Nós também temos um gêmeo.

O gêmeo interno.

Esse gêmeo é nossa negatividade, o lado negro – o Oponente que se opõe a todas as nossas boas intenções, todos os nossos pensamentos positivos e nossos sonhos.

O problema é o seguinte, 99% do mundo desconhece a existência desse gêmeo interior. A maioria de nós está convencido de que todas as nossas preocupações, ceticismo e medo possui sua raiz no nosso  eu verdadeiro. Isso não é verdade. Isso tudo é projetado em nossa mente pelo gêmeo interno.

O propósito de cada mês e de cada signo astrológico é nos ajudar a usar as caracteristicas que estão imbuidas em nós vindos de um signo em particular, para que possamos superar todo o traço negativo que também herdamos do nosso signo. A razão de não haver horóscopo na Kabbalah é porque nós não acreditamos que as estrelas controlam o nosso destino – a menos que entreguemos esse poder as elas permitindo dessa maneira que nosso gêmeo interno controle nosso comportamento e nossa consciência.

Aqui temos um incrivel segredo.

O SEGREDO DESSE MÊS

Esse mês em particular é controlado por duas letras Hebraicas como foi revelado por Abraão a mais ou menos 4000 anos atrás.

Elas são as letras Hebraicas Reish e Zayn ( ר ז ).

Usualmente as duas letras do mês não formam uma palavra especifica. Mas nesse mês sim. Elas formam a palavra Raz, que significa segredo.

Qual é o maior segredo desse mês?

Existem incontaveis segredos. Mas eu irei compartilhar um: Nossa consciência cria nossa realidade. Absolutamente. Completamente. 1000%

Então porque que não temos a mente acima da matéria?

Nós temos!

O problema é que acreditamos que a matéria e todo o mundo exterior é mais poderoso do que a nossa mente. Agora adivinha? Nossa consciência é quem dá poder a matéria – APENAS porque nós acreditamos. Somos nós quem criamos uma realidade aonde a matéria governa nossas vidas ao invés de permitirmos que nossa mente tenha controle sobre a matéria. De novo, isso só acontece porque nossa consciência acredita.

Adivinhem agora, nós já temos o poder da certeza. Aquilo que acreditamos irá acontecer. Então qual é o problema? Nós estamos usando o poder da nossa certeza da maneira errada. Colocamos nossa certeza em nossos problemas e preocupações e assim sendo essas dúvidas se concretizam por meio do poder da nossa certeza e consciência.

Acreditamos que certas coisas são boas demais para serem verdade – e assim é. Acreditamos no caos e por isso ele continua.

Bom, agora que sabemos esse primeiro segredo, porque nós simplesmente não mudamos nossas mentes acerca de nossas dúvdas? Porque simplesmente não pensamos que o paraiso já existe aqui e agora?

Aqui está outro segredo: Nós não podemos pensar em alcançar o  paraíso a nossa maneira. Precisamos limpar nossa consciência de toda a dúvida, preocupações e pessimismo, porque eles são fortes demais. No momento em que uma dúvida aparece em nossa mente, o poder da nossa consciência e nossa certeza dá força a esta dúvida. Por exemplo, nós acreditamos na morte e por isso a morte continua a existir. Não podemos apenas dizer que intelectualmente que a morte não existe. Isso é seria apenas negação.

E se acreditarmos que esse artigo esta errado, ele estará errado dentro do universo particular que você cria para você mesmo.

Preste atenção agora com muito cuidado: Nós experienciamos o poder e a realidade da mente sobre a matéria nesse exato instante, porque nós TEMOS o poder da mente sobre a matéria nesse exato momento. Esse é o paradoxo. Em outras palavras, nossas mentes transferem todo o poder para a matéria fisica porque nossas duvidas nos diz que a matéria é mais poderosa.

Este é o perigo das profecias auto-realizáveis.

Nós precisamos elevar nossa consciência à um lugar acima de todas as dúvidas e acima de todo ceticismo e acima de toda a ansiedade. Só então saberemos, perceberemos e expericiaremos que a morte é uma ilusão.

É disso que se trata toda a idéia desse mês e de todo o caminho da Kabbalah.

DANDO UM FIM AO REINADO DO GÊMEO INTERNO

Nós precisamos remover o oponente, a verdadeira fonte da dúvida e da preocupação de cada átomo do nosso corpo. Só então iremos adquirir o poder de usar nossas mentes e consciência para criar a realidade que realmente queremos.

Precisamos diminuir e extirpar o gêmeo, só assim nossos verdadeiros pensamentos irão aparecer em nossas mentes e então nossas mentes trarão a verdadeira realidade a existencia –  não a falsa, caótica realidade escura que esta impressa em nossas mentes pelo Oponente.

O que nos leva ao Monte Sinai e a conexão conhecida como Shavuot que vamos experimentar neste sábado à noite.

SEM O BEZERRO DE OURO

Tradicionalmente a religião nos ensina que quando Moisés estava no Sinai, os Israelitas construiram o bezerro de ouro e que isso causou a quebra das duas tábuas que Moisés revelou.

Aqui tem outro segredo desse mês: Quando Moises segurava as tábuas gêmeas, o mundo experienciava uma existencia imortal. A Luz que brilhava era tão poderosa, que toda a escuridão incluíndo a morte foi completamente removida do mundo.

O Bezerro de Ouro NÃO foi a razão de termos perdido a Luz da Imortalidade no Monte Sinai.

Eu vou repetir, o Bezerro de Ouro NÃO foi a razão das tábuas gêmeas terem sido destruidas e nem a causa da nossa desconexão com os 99%.

Embora a religião tenha nos ensinado isso por 3400 anos, isso NÃO foi o que realmente aconteceu.

Aqui vai o ultimo segredo do dia:

Quando Moises subiu no Monte Sinai e não retornou imediatamente, os Israelitas e todo o mundo permaneceram em um estado de imortal existência. Luz Espiritual ardia em todo o planeta.

Tudo que os Israelitas precisavam fazer era injetar o poder da certeza em suas vidas confiando em seu mestre e professor Moisés.

Quando Moisés não voltou imediatamente, dúvidas começaram a surgir na mente dos Israelitas.

Preste muita atenção nesse próximo segredo: O Oponente (O Satan) sabe que os Israelitas possuem o poder da certeza e o poder da conciência para continuar a criar um mundo de Luz e existencia Imortal – isso significa que ele poderá ficar sem um emprego.

Então o Oponente usou seu poder na consciência e na certeza dos Israelitas para virar o jogo! Ele usou o poder deles contra eles mesmos!

Como?

O Oponente, conhecido como “O Satan” conjurou uma imagem, a mais real possivel, de que Moises havia morrido e estava sendo levado para os céus pelos anjos. Essa Falsa Evidencia que Aparentemente é Real (F.E.A.R = Medo em inglês) apavorou os Israelitas. Ao invés de rejeitarem todo esse episódio que se desenrolava diante deles (em suas consciências), eles acreditaram. E porque a consciência deles criou essa realidade, eles literalmente criaram a morte mais uma vez por terem acreditado nisso.

No momento em que eles permitiram que suas consciências aceitassem essa miragem da morte de Moisés sendo carregado para os céus pelos anjos, suas mentes manifestaram o retorno da morte de volta ao cosmo.

Isso foi o que causou o retorno da morte ao planeta Terra. A queda de consciência deles e sua crença na morte dissipou a Luz da Imortalidade.

O Bezerro de Ouro foi apenas um efeito disso e não a causa.

Os Israelitas construiram o bezerro de ouro apenas para tentar uma reconexão com o a realidade dos 99% porque eles pensaram que haviam perdido Moisés como intermediário.

Nesse mês, aonde quer que você veja “morte” não acredite. Pode ser no relacionamento, nos negócios, num momento de felicidade, em um momento de contentamento, qualquer coisa positiva que chegue a um fim, nós não devemos dar poder a essa ilusão de caos.

Lembrem-se, isso não é um exercicio intelectual. Nos não podemos apenas negar. Nós precisamos elevar nossa consciência acima da ilusão e SABER que nosso Oponente é a causa disso tudo.

Nesse mês, através do poder da leitura da Torá nesse Shabat, através do poder de Shavuot nesse sábado a noite e através de todas as outras tecnologias diarias da Kabbalah poderemos ir acima do caos que esta na nossa consciência.

Mas apenas purificando nossa mente da dúvida. E a dúvida nasce do interesse próprio, egoismo e intolerância.

Então, além de usar as ferramentas precisamos compartilhar, precisamos tratar os outros com dignidade. Então iremos elevar nossa consciência e tomar controle da matéria ao invés da matéria tomar controle das nossas vidas.

Em termos simples, quanto mais ego eliminarmos nesse mês, menor será a influência da dúvida em nossas mentes.

Quanto mais unidade, amor e cuidado demonstrarmos ao próximo, especialmente quando sentirmos que eles NÃO merecem mais removeremos o ego, as dúvidas e o caos das nossas mentes.

Lembrem-se, nós NÃO podemos derrotar a duvida. Se a dúvida esta em nossa consciência, o poder da nossa consciência irá manifestar essa dúvida e torna-la real.

Nós precisamos é remover a dúvida para que então ela não possa sabotar nossas vidas.

Esse é mês para removermos a consciência de morte das nossas vidas.

Billy Phillips

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

1 Response

  1. wadson diz:

    Muito bom, maravilhoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>