RENASCIMENTO DO ISRAELITA

527729_312171138862838_291456646_n1-e1407091876361-720x340

É hora de por fim e deixar de lado o termo “Judaico”. Não existe religião judaica. E nem Judeu em um contexto religioso. Isso não existe. O que existe é muito condicionamento social e religioso (ou seja, uma lavagem cerebral) que precisa ser desfeita porque é difícil para maioria de nós aceitar, abraçar e mais importante, compreender que a palavra tem significado zero no contexto de Moisés, da Torá, do Zohar e a chegada do Messias.

A palavra Judaísmo também não existe na Torá ou dentro dos pensamentos e revelações dos antigos Kabbalistas.

NÃO EXISTE A PALAVRA “JUDEU”

O verdadeiro nome das pessoas que Moisés liderou para fora do Egito e que deveriam abraçar os caminhos e ensinamentos da Torá geração após geração é “Israelita” ou o “Filhos de Israel”.

O que nos leva a uma questão: Se não existe a palavra “judeu”, então o que são todas essas organizações Judaicas ao redor do mundo? Bem, para começar, a maioria delas foram fundadas e são dirigidas por pessoas que se auto designaram e que por vontade própria decidiram tornar-se porta-vozes, embora ninguém lhes tenha pedido.

Agora, se você acredita no absurdo de que você é judeu, então você já caiu em uma armadilha e agora você acha que essas pessoas, certas ou erradas, estão falando em seu nome enquanto você lê sobre eles na imprensa. Se eles têm o direito de falar por você não vem ao caso no momento. Não se engane, eles não tem nenhum direito de falar por qualquer um, exceto pelas pessoas que lhes permitem falar. Mas o fato é, não há grupo bíblico conhecido como o povo judeu.

E a Torá e os Kabalistas nos ensinam que ninguém, mas ninguém mesmo, sabe quem são os verdadeiros Israelitas exceto o Messias e o Profeta Elias. O fato é que existem dez milhões de Cristãos no mundo que são verdadeiramente israelitas, cujas famílias ao longo dos séculos assimilaram e converteram-se ao cristianismo e perderam a conexão com suas raízes genéticas e espirituais. Agora prepare-se para essa bomba – há muitas pessoas no mundo, de acordo com a Torá, que não são verdadeiros israelitas, apesar de se proclamarem judeus. Eles são realmente descendentes do antigo grupo de pessoas que a Torá chama de “multidão mista” ou “Erev Rav” em hebraico.

QUEM SÃO AS MULTIDÕES MISTAS

O Zohar ensina que esse grupo de “Judeus” ou Multidão Mista são aqueles que “constroem Yeshivas (colégios religiosos) e sinagogas e coroam a Torá mas fazem isso pela honra pessoal, glória e lucro”. De acordo com o Zohar, eles são a causa de todo o caos, destruição e ódio no mundo.

Essas são palavras fortes. E se você sente-se ofendido por elas, por favor não reclame para mim. Eu estou apenas repetindo os ensinamentos do Zohar e dos Kabbalistas e, confie em mim, eu não estou mostrando nem a metade de um monte de outros comentários assustadores dos Kabbalistas da história, que, literalmente, colocam toda a culpa, inteiramente, na porta de entrada dos judeus.

Então o que é um Israelita? Quem são os Israelitas?

A Torá nos ensina que o patriarca Jacó lutou contra o anjo negativo de seu irmão Esaú. Jacó lutou durante toda a noite até finalmente derrotar o anjo. O Zohar diz que esse anjo não é nada mais, nada menos do que a força escura que a Torá chama de “O Satan”, que literalmente significa, “O Adversário”.

Depois que Jacó derrotou o anjo, a Torá rapidamente muda o nome de Jacó para qual nome?

Israel.

Israel é o nome de Jacó APÓS ele conquistar o anjo do seu irmão Esaú.

Bem, o Zohar também nos diz que não há um demônio ou criatura com chifres que cria o mal no mundo. “O Adversário” é nosso próprio ego, a contra inteligência escura que luta conosco todos os dias. Como?

Por exemplo, queremos ser felizes, mas esta força nos faz ficar preocupado, triste e cheios de medo. De onde você acha que os temores vêm? Por que, se há um problema na vida, nós imediatamente começamos a nos preocupar ao invés de nos sentimos invencíveis? Quem nos programou dessa maneira? Por que é que essa é a resposta chamada natural para alguns a um obstáculo difícil? Por que é que o medo e preocupação são a reação humana inata para os problemas reais? Uma única razão: o Satan. O ego.

jacob portugueseAqui está outro exemplo: Queremos ser otimista sobre a nossa vida, mas essa contra inteligência e adversário nos faz pessimistas e incertos e extremamente deprimidos. Por que é tão fácil sentir a depressão e a ansiedade e tão difícil sentir-se naturalmente feliz e extasiado e cheio de êxtase? Como sobre aqueles momentos em que decidimos que queremos começar a comer direito e viver vidas mais saudáveis: apenas algumas horas mais tarde o oponente sussurra forte em nossa cabeça, “comece a dieta na próxima semana, coma o bolo de chocolate e o hambúrguer duplo agora.”

Essa contra-inteligencia que arruina nossas vidas e mina todas as nossas boas intenções é o ego ou a força chamada O Adversário.

O Zohar diz que a luta de Jacó foi na verdade contra o próprio Satan, a raiz de todo o ego humano. Você percebe? A história é sobre nós. Nós somos Jacó. E o anjo ou Satan é nosso ego estúpido que sabota nossa vida.

Agora aqui tem um grande segredo:

O GRANDE SEGREDO PERDIDO OCULTO NA PALAVRA “ISRAELITA”

Nós já descobrimos que o nome de Jacó foi mudado para Israel DEPOIS que ele derrubou a força vital de Satan. Siga atentamente: O nome em hebraico Jacob (Yaakov) tem um valor numérico de 182. A palavra hebraica “Satan” tem um valor numérico de 359. Ao derrotar Satan, Jacob literalmente conquistou o adversário e retomou toda a luz que havia sido perdida para ele. Portanto, Jacob acrescentou o valor numérico de Satan ao seu próprio nome. Agora, ele adquiriu um novo nome: Israel. E advinha? O valor numérico de Israel é 541!

Entendeu?

Jacó (182) e Satan (359) = 541, o exato e mesmo valor da palavra “Israel”.

E quando essas tribos hebraicas e todos os seus descendentes usam a Torá para transformar e derrotar sua própria escuridão e o ego, eles também ganham o nome de israelitas, assim como o pai e patriarca das doze tribos de Jacó ganhou.Este é um segredo surpreendente de profunda compreensão. É por isso que as Doze Tribos que descem de Jacó são chamadas As Doze Tribos de Jacó e/ou as Doze Tribos de Israel. Israel é Jacó. E Jacó ganhou o nome de Israel ao vencer a luta sobre o Satan, o ego, o inato auto-interesse e escuridão que há dentro de todos nós, especialmente daqueles que descendem de Jacó. Eles são conhecidos como as tribos hebraicas. Eles não são conhecidos como o povo judeu.

jacob 1 portugueseUm israelita é qualquer um que derrota o Satan, conquista o ego, recaptura todas as bênçãos e Luz que foram entregues para o lado negro. É por isso que um israelita nunca, mas nunca, aponta o dedo da culpa em ninguém. Não há inimigo externo. Qualquer inimigo que despreza o chamado “judeu” é simplesmente um reflexo direto e uma imagem de espelho do ego e do Satan interno do indivíduo, você e eu. E ponto final.

Quando derrotamos o nosso Satan, o ego e todos os auto-interesses e vitimização que vão junto com ele, assim como quando Jacó derrotou o anjo negativo ganhando o nome de Israel, nos tornamos um israelita no corpo e na alma. E então o inimigo externo se transformará e amará os israelitas e estimar os israelitas e então haverá paz na terra.

RAV BERG SOBRE JACÓ (ISRAEL) e ESAÚ

Kabbalista Rav Berg explica que Esaú estava indo matar Jacó. Ele queria acabar com ele. Mas quando finalmente ele se aproxima de seu irmão, ele o beija no pescoço ao invés vez de assassiná-lo. Por quê? Este é o poder de se tornar um verdadeiro israelita. Seus inimigos externos são transformados no minuto em que você derrotar o seu inimigo interno, o ego. Nossos inimigos virão para nos beijar ao invés de nos matar quando nos esforçamos para nos tornarmos verdadeiros israelitas.

É assim que funciona o jogo da vida. Nós não estamos aqui para sermos judeus e viver dentro de uma religião judaica. Estamos aqui para nos tornarmos israelitas, seguindo o caminho sagrado e profundo da Torá e viver seus ensinamentos. O caminho da Torá, infundido com a alma da Torá, que é o Zohar, é a ÚNICA ferramenta na terra que tem o poder e tecnologia de transformar as pessoas em Israelitas. Não há outra maneira de reinar nesse ego feio e patético do homem.

Quem decide viver os ensinamentos e trilhar o caminho da Torá está no caminho de se tornar um israelita.

Mas a força chamado Satan criou a idéia da religião e o conceito de “judeu” e nos confunde completamente. É provável que eu esteja deixando sua mente confusa e incomodando muita gente neste momento através desse blog. Isso tudo porque tivemos uma lavagem cerebral por 2000 anos.

Ao longo destes últimos vinte séculos, os Kabbalistas tentaram trazer esta verdade provocante e sabedoria para o povo. Toda vez que eles tentaram, a multidão mista desencadeou uma torrente de ódio e oposição contra eles. Embora os números da Multidão Mista fossem poucos, suas vozes eram altas; suas posições na sociedade, extremamente influentes. O Zohar diz que a multidão mista está no governo, nos tribunais, nas salas de justiça, nas sinagogas, e eles controlam todo o poder e riqueza. Por favor, lembre-se, estas são as palavras do Rav Shimon Bar Yohai, não minhas!

Mas não podemos apontar o dedo a ninguém, nem mesmo à Multidão Mista, se quisermos nos tornar um verdadeiro estudante da Torá, de Kabbalah e nos transformar em um israelita.

A forma de enfraquecer o poder de pessoas negativas no mundo é enfraquecer nosso próprio ego e aprender a amar incondicionalmente, inclusive nossos inimigos.

Este é o porquê Jesus, o Rabi Akiva, Rabi Ismael, Rabi Gamaliel, e outros grandes Kabbalistass foram mortos como cordeiros. Eles queriam trazer o poder da Kabbalah para o mundo.

Mas não era hora. Por que não?

Porque as pessoas comuns como você e eu recusaram a se tornar responsáveis e fazer a mudança interna necessária para erradicar o auto-interesse, o narcisismo e o egocentrismo. Assim, esta falha para querer mudar é o que fortalece o estabelecimento religioso corrupto até hoje.

Nós podemos mudar tudo isso agora. De uma vez por todas. Podemos compartilhar o Zohar, diminuir o nosso ego, abandonar o egoísmo, se esforçar para ser mais gentil e perder a mentalidade de vítima. Nenhum de nós tem que ser perfeito. Mas se um número suficiente de pessoas reduzirem o ego e tomarem a dor aos poucos, podemos derrubar o estabelecimento e então os verdadeiros israelitas, o povo do Zohar, trará tremenda luz para todas as nações, como a Torá nos manda fazer, e vamos testemunhar e experimentar o fim da morte e da dor e do sofrimento em nossas vidas.

Então, o primeiro ato que podemos realizar para garantidamente ferir nosso ego é este: Esquecer a palavra judeu para sempre, e começar a olhar para as almas das pessoas e ver suas centelhas divinas de humanidade, em vez de sua religião.

A maneira que podemos nos unir para sempre, cristãos, muçulmanos e israelitas é perder o ego, esquecendo a palavra judeu e, ao vencer, receberemos o nome Israelita e então iremos recuperar a Luz que havia sido perdida para o Satan.

Que fórmula incrível para a paz!

 

Billy Phillips

Billy Phillips é aluno do Rav e da Karen Berg desde 1989. As opiniões expressadas aqui têm como base seu próprio aprendizado e 22 anos estudando a sabedoria da Kabbalah. Apesar de ser aluno do Kabbalah Centre, as visões e artigos que apresenta aqui se relacionam com sua experiência e refletem sua visão pessoal e não são uma representação oficial do Kabbalah Centre e de seus ensinamentos.

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR DESSES POSTS:

6 Responses

  1. CLAUDIO MELO diz:

    MARAVILHOSO, SHALOM ALEICHEM CHAVER!

  2. Daniel Bortolosy diz:

    Queridos amigos..!! Sou neófito na Kaballah, mas a vejo muito verdadeira. Muitíssimo Grato pelo artigo…Parabéns. Shalom!!!!

  3. rejane correia diz:

    Gosto muito de aprender sobre Kabbalah é reportagem é fantastica

  4. rejane correia diz:

    Gostei da reportagem

  5. rejane correia diz:

    Gostei da comentario

  6. um golpe duro para os judeus. Aqueles que lerem esta reportagem vão ficar muito incomodados. Precisamos acabar com a etiquetagem: sou judeu, sou católico, sou protestante…. somos todos um, nos dirigindo para a eternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imagem CAPTCHA

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>